Materiais que impactam no projeto

Atualizado: 30 de ago. de 2021




Na mitologia grega, a deusa Gaia personifica o planeta Terra. Pois em 230 m², o maior espaço interno da CasaCor RS, o arquiteto Luiz Sentinger criou a sua personificação da Casa Gaia. Misturas de revestimentos resultam em um dos diferenciais do projeto. Nesse quesito, a Portinari tem papel preponderante nos pisos do living e da suíte para compor o clima da casa. E dá um show no alvo banheiro com o produto que virou um queridinho dos profissionais, inspirado nos azulejos de estações de metrô.


Também a área externa exibe revestimentos que contracenam com materiais naturais no paisagismo de Katiane Pinheiro e Maiara Ferrari.


Impactam também a atmosfera obras de arte como as pinturas acrílicas de Gelson Radaelli encimando o sofá, em rosa e preto, e um trabalho de Wagner Costa. Assinaturas como a do icônico Sergio Rodrigues, que está presente com a poltrona Moleca e o banco Mocho, compõem o acervo de design, reforçado pelo vaso Bêbado, de Jacqueline Terpins. Além disso, obras autorais desse nível contracenam com mobiliário, acessórios e luminotécnica que valorizam a proposta e as escolhas dos materiais de acabamento que contribuem para o resultado com forte identidade. CasaCor Rio Grande do Sul: tríplice aliança contemporânea. O trio elegância, qualidade e criatividade presente nos ambientes que compõem a tradicional mostra. Assim, confira os destaques na matéria de Eleone Prestes para o Blog da Portinar


18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo